China International Import Expo 2021: criando novas oportunidades para a recuperação pós-COVID

A China International Import Expo (CIIE), a primeira feira de comércio profissional com tema de importação em nível nacional do mundo, teve início no National Exhibition and Convention Center (Xangai) em 5 de novembro. Criada pelo governo chinês em 2018, a CIIE continua sendo uma plataforma significativa para a abertura do país e para o aprimoramento da cooperação econômica internacional e do livre comércio.

Com o passar dos anos, a CIIE tem se tornado mais organizada, profissional e digital.

Com uma gama mais ampla de setores, a quarta CIIE atraiu três mil expositores presenciais de 127 países e regiões para participar da exposição comercial. Três organizações internacionais e 58 países de cinco continentes, especialmente aqueles envolvidos na Iniciativa Cinturão e Rota, participam da exposição on-line de países.

A exposição comercial engloba participantes das áreas de alimentos e produtos agrícolas, automóveis, setor inteligente e tecnologia da informação, bens de consumo, equipamentos médicos e produtos de saúde, além de comércio de serviços. Também foram criadas treze subseções temáticas para apresentar os produtos e inovações mais recentes relacionados à energia de baixo carbono e proteção ambiental.

A área total de exposição da CIIE deste ano foi ampliada para 366 mil metros quadrados. Mais de 80% das empresas Fortune Global 500 e empresas líderes em seus setores que participaram da CIIE do ano passado estão retornando para a edição deste ano e apresentarão produtos que estão fazendo sua estreia global ou regional. Entre estas empresas estão as três maiores casas de leilão do mundo, os três maiores grupos de consumo de moda e luxo, os quatro maiores comerciantes de grãos, os dez maiores grupos automotivos e as dez maiores empresas de dispositivos médicos.

Outras empresas de países ao longo do Cinturão e Rota, de países da Europa Central e Oriental e de países menos desenvolvidos também se inscreveram para a exposição. O número de pequenas e médias empresas estrangeiras que participam da CIIE em grupos continua a crescer.

Este ano marca o 20º aniversário da adesão da China à Organização Mundial do Comércio. Para registrar este momento, o Fórum Econômico Internacional de Hongqiao, que faz parte da CIIE, realizará um fórum de alto nível com o tema “Benefício Recíproco e Solução de Ganhos Mútuos para um Futuro Compartilhado” para mostrar as conquistas da China após 20 anos de sua abertura e a confiança em cumprir sua meta de abertura de nível superior na Nova Era. O fórum também publicará o “Índice de Abertura Mundial”, que avalia o grau de abertura em 129 economias mundiais desde 2008.

Neste momento crítico da luta global contra a COVID-19 e da recuperação econômica mundial, uma CIIE bem-sucedida demonstraria a determinação da China em promover o desenvolvimento econômico mundial sustentável e a globalização e em construir um novo paradigma de desenvolvimento para sua economia e sociedade.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *